Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

Britney's Blackout

Quando me perguntam que tipo de música gosto eu respondo que amo Rock, Jazz e... hesitante... Britney.





Pode parecer estranho e, para alguns, até incoerente alguém que critica a ociosidade da sociedade ocidental juntamente com as estrelas pop gostar do seu maior e mais conhecido ícone.

Passo a explicar. Remontemos para os saudosos tempos de 1999, tinha eu 8 anitos. Ouvia muito pouca música e a que ouvia eram aquelas porcarias que se ouviam nas rádios. Até que vejo uma menina, por sinal bem gira, vestida de uniforme de estudante, mas com uma abordagem bem sexy. Foi amor à primeira vista!

Desde então tenho evoluído o meu gosto musical. Deixei de gostar da maioria do pop, passei a detestar o pop e a ouvir Soul, Blues, Rock, Jazz, Clássica e algum Metal.





Assim e apesar dos preconceitos do pessoal, dos nomes começados por p que lhe chamam e do grande gozo dos meus amigos continuei a venerar a Britney.

Agora paremos de falar de mim e passemos a falar dela.





A (Ex?) Princesa da Pop, Britney Spears, vai ter o seu quinto álbum de originais, Blackout, nas bancas no dia 29 de Outubro em Portugal.

O seu último álbum de originais, In The Zone, saiu em 2004. Foram 3 anos apenas com álbuns secundários e 'greatest hits' como: My Prerogative: Greatest Hits, B in The Mixes e Britney & Kevin: Chaotic.

Durante a sua ausência, Britney continuou no centro das atenções devido a vários acontecimentos na sua vida pessoal: o casamento, o corte de cabelo, o divórcio, os supostos maus tratos aos filhos, a falta de forma física, o suposto consumo de drogas, a perda da custódia dos filhos para o ex-marido, o famoso 'hit&run', as fotos sem cuecas (vá-se lá saber porquê...), etc...





Pessoalmente, acho que isso é monte de tretas. Eu não sei o que é que os cantores fazem nos seus tempos livres, nem quero saber. Detesto quando ela é criticada pelo seu comportamento em vez de o ser pela sua performace nos VMA's, isso sim vergonhoso.

Só posso desejar que Britney melhore a sua vida pessoal e que continue com a sua carreira sem deixar que a média ou os paparazzis a assustem. Espero voltar a ver aquela boazona de I'm A Slave For U ou a super confiante de My Prerogative em breve. E, sim, acho que BLACKOUT vai ser um sucesso, pelo menos de vendas vai. E se dizem que toda a publicidade é boa publicidade então é que vai ser...





BLACKOUT

Já ouvi e comprei o novo álbum dela. No geral é bastante bom e agradável.

Tenho pena que o CD seja pouco variado. Basicamente só tem músicas que imploram por um remix para discotecas.

O CD de retalho é muito fraco. A capa não é mesmo nada de especial (nunca foram); a sessão fotográfica para o CD é muito engraçada, mas tem fotos que não interessam a ninguém: carteiras, sofás; e o livrinho que acompanha o CD nem a letra das músicas tem. Para além disso o CD virtual tem vários temos de bónus (que sempre achei um grande estupidez).

Outros aspectos negativos são o facto da Britney ter-se envolvido pouco na produção do CD, o que é compreensível devido à sua vida pessoal mas desapontante, e da sua voz também se ter envolvido pouco no CD. A verdade é que ela nunca foi famosa pela sua grande voz, mas ao menos mostrava que a tinha em temas como Everytime. A sua vida pessoal também está a prejudicar a campanha publicitária do CD.





Gimme More
**

Piece Of Me

*****

Radar

*****

Break The Ice

***

Heaven On Earth

*****

Get Naked (I Got A Plan)

**

Freakshow

***

Toy Soldier

*****

Hot As Ice

*****

Ooh Ooh Baby

***

Perfect Lover

****

Why Should I Be Sad

***





Gimme More é engraçada. Quase tão má quanto o seu ridículo videoclip.
A minha preferida é a Heaven On Earth em que Miss Spears usa mais a sua voz e Radar porque é muito divertida.
Get Naked é das piores músicas e eu já ouvi em toda a minha vida e acho que isso fala por si.

Resumindo, o álbum não é mau, mas não apresenta a variedade de In The Zone, estando mais direccionado para as pistas de dança e Britney não aproveita muito bem a sua voz. É verdade que não tem nenhuma música imortal, mas tem vários hits de qualidade.

****




PS: Vou tentar passar a actualizar o blog todas as sextas.
sinto-me:
música: Foo Fighters - The Pretender
Tags:

publicado por Ricardo às 19:55
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De quilhas a 7 de Novembro de 2007 às 10:43
Também achou que vai vender muito. Quanto à vida privada, devia interessar pouco mas é o contrário. A curiosidade faz parte da mente humana e não há nada a fazer. E quando alimentada diariamente pelos media ainda pior.


De luxxx a 12 de Novembro de 2007 às 13:48
Confesso que acho graça à rapariga. A ver vamos se ela consegue levantar-se de novo, pois os tempos não têm sido fáceis, dando a sensação que se encontra numa espiral de auto-destruição.


Comentar post

Música da semana

Pesquisa

 
RSS