Terça-feira, 5 de Janeiro de 2010

Calma! A década ainda não acabou!

Se há coisa que eu detesto mais é a palavra brevemente. Nunca uma palavra foi tão subjectiva. Brevemente pode querer dizer "volto daqui a cinco minutos", ou pode ser "volto daqui a uns anos", ou pode ainda ser "volto quando me apetecer". Geralmente é a última.

 

Sim. Sei que eu próprio usei essa palavra para "reiniciar" o Criticando. O que aconteceu foi que tive saudades. Saudades de escrever, saudades ter um cantinho só meu. Saudades das pessoas que aqui liam e comentavam.

Primeiro, pensei voltar no Natal. Mas depois disse, que época mais mórbida!, volto noutro dia. Também pensei no início do ano, mas depois disse, a sério Ricardo, vais ser assim tão cliché? E portanto voltei agora simplesmente porque me apeteceu.

Não queria voltar de mãos a abanar (daí o "brevemente" e não um "voltei!"). Quando estava a comentar noutro blog que frequento regularmente, pensei no assunto das décadas. Fiz um pouco de pesquisa e cheguei à conclusão (eu já sabia, mas este tipo de informação quando não é precisa desaparece muito rapidamente) que aparece no título.

A nossa década ainda não acabou. E não despareçam já para a Wikipédia a confirmar o que e disse porque a Wikipédia está errada neste assunto (e muitos outros...).

Ora vejamos, o ano 1, o primeiro ano da contagem, os primeiros 365 (ou 364 dias). Agora vejamos a primeira década que vai do ano 1 ao ano 10. 10 anos são uma década. Agora comecem a contar e...

2000 anos = 200 décadas = 20 séculos = 2 milénios

Estamos na década 201 que começou no ano 2001 (e não em 2000 como toda a gente pensa) e acaba no ano 2010. Ou seja, acaba este ano. Esta década ainda não acabou.

Eu sei que a maioria pensa o contrário e na prática toda a gente usa o outro método de contagem. A verdade é que estão errados.

Resumindo, todas as listas da década que andam por aí a ser feitas são um tanto ou quanto idiotas.


publicado por Ricardo às 17:56
link do post | comentar | favorito

Pesquisa

 
RSS