Sábado, 3 de Janeiro de 2009

O que eu NÃO fiz na passagem de ano...

1º) Não fui ver o Quim Barreiros contrariado nem ouvi uma das letras mais grosseiras, para não dizer mesmo nojentas da minha não-tão-grande existência (daquelas de fazer corar o mais repulsivo homem de rua);

2º) Não bebi nem uma pinguinha de álcool. Pobre de mim. Nem sequer caí na partida de uns amigos e bebi sumo de maçã a pensar que era champagne;

3º) Não parti nenhum copo. Nem não me lembro de não o ter partido. Por isso é que não o parti;

4º) Não perdi o autocarro para falar com duas raparigas, nem consegui o número de uma delas (YES!);

5º) Não conheci um trio de auto-proclamadas lésbicas, que provavelmente não o eram, nem as vi engatar um par de raparigas aparentemente sóbrias;

6º) Não falei embaraçosamente alto com o meu amigo Edu, que não se encontrava no mesmo estado que eu e que não passou passou a noite a falar da ex;

7º) Não cheguei a casa pronto para dormir que nem uma pedra;

8º) Não passei uma EXCELENTE passagem de ano, da qual não estava nada à espera;

 

9º) E o que é que não me distingue de todos os outros desprezados regulares que passaram exactamente a mesma noite que eu? É que eu não escrevo sobre isso!

sinto-me:
Tags:

publicado por Ricardo às 02:22
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De luxxx a 4 de Janeiro de 2009 às 17:58
Nem eu estou aqui para te desejar um 2009 soberbo, com muitos autocarros perdidos!!!



De ruiva a 7 de Fevereiro de 2009 às 22:42
Um rapaz de pouca sorte! Sem dúvida alguma... xD


Comentar post

Pesquisa

 
RSS