Sábado, 19 de Abril de 2008

Grand Theft Auto IV

Grand Theft Auto IV, GTA 4 para o grande público, é, muito provavelmente, o jogo mais mencionado neste blog. Neste e em muitos outros! Quer em sonhos, em breves devaneios ou na excitação do primeiro trailer. Porquê? No meu caso isso pode ser explicado em 3 tópicos: todo o hype que se tem gerado à volta do jogo; a falta de informação em relação a outros jogos nesta "época morta"; e a inegável qualidade da série.



Há quem diga que foi Half-Life, mas eu nunca percebi porquê. Esses senhores não justificaram. Eu acho que foi GTA. Acho que foi GTA que indicou o caminho do futuro à maioria dos produtores de jogos, não só por aperfeiçoar o 3D, mas pela simples ideia da jogabilidade em mundos abertos.



A pura verdade é que foi GTA que deu o salto! Foram os senhores da Rockstar North que nos arrancaram dos níveis e das salas para nos pôr numa cidade, num mundo em movimento. Excepto algumas excepções, como jogos de desporto, Little Big Planet e outros, os jogos agora usam e abusam deste conceito inovador. Assassin's Creed manda-nos para o médio oriente, Jak II manda-nos para um mundo futurista, Lost para uma ilha, Mercenaries para um sítio qualquer (este último agradeceu)...


Por tudo isto, pelo mundo, pela liberdade e pelo resto é que GTA é uma das séries mais conhecidas e adoradas, e GTA IV um dos jogos mais esperados. "Um dos"? O jogo mais esperado! Esta nova entrega pode não ser uma revolução como GTA 3 ou uma evolução gigantesca como San Andreas, mas aposta no aperfeiçoamento. GTA sempre teve problemas menores aqui e ali, gráficos pouco vistosos e histórias nem sempre envolventes. Parece que isto vai mudar! Acho que, o que os senhores estão a tentar fazer, é pegar em todos os pequenos conceitos já usados, acrescentar outros e embrulhar tudo num pacote de gráficos fabulosos, trilhas sonoras maravilhosas e enredo explosivo. Os pormenores sempre fizeram a diferença.

Outra das novas características é o online. Sempre teve o potencial e, com as novas consolas, é altura de aproveitá-lo. Não sei o que esperar, mas estou ansioso.



O mundo é Nova Iorque, o senhor é Niko Belic e a história tem a ver com a máfia do leste. Muito sinceramente, a sinopse não me agrada nada e o Niko parece quase tão bronco como o Toni Cipriani do GTA Liberty City Stories. Mas eu sempre gostei de Nova Iorque... e pior que o estilo hip-hop de San Andreas não pode haver... embora preferice algo com mais classe ao estilo Tommy Vercetti.



Um facto importante de referir é a rivalidade entre as duas versões do jogo: a da Xbox360, apadrinhada pela Microsoft, e a da PS3, apadrinhada pela Sony. É evidente que a primeira tem uma grande vantagem, não só pela grande base de consolas já obtida pela MS, mas também pelos conteúdos episódicos exclusivos pelos quais a Microsoft desembolsou uma quantia mais que exorbitante. Serão grandes? Serão pequenos? Serão decisivos? Tanto a Sony como a MS vão gastar fortunas a publicitar o jogo, como se fosse um exclusivo. Afinal, é um GTA.



Vou gostar de saber qual das versões vendeu mais, em proporção claro, pois só assim será uma luta justa. Há bem mais Xbox 360 do que PS3, ou a Microsoft ficava com um ano para o galheiro. Mas, mais importante que as vendas, é a minha vontade de jogar o dito. Vou comprar a versão especial, com cofre, banda sonora, mapa, tudo a condizer, no dia de lançamento: 29 de Abril. Mas só contem com uma análise lá para Agosto, porque GTA é muito bonito, mas não me faz os deveres da escola, nem estuda por mim.
sinto-me:
Tags:

publicado por Ricardo às 22:40
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De luxxx a 20 de Abril de 2008 às 23:28
O jogo do ano, independentemente de ser bom ou mau. Um momento importantíssimo para a indústria.

Confesso que estou mortinho por lhe colocar as mãos em cima.

E está quase. E só faltam nove dias. E tenho tantas esperanças. E espero não ficar desiludido. E que venha ter comigo o mais rapidamente possível.


De Daniel Costa a 15 de Maio de 2008 às 14:42
Até ao momento, o jogo está a vender mais na PS3... o que é relativamente estranho tendo em conta a posição da next-gen da Sony neste momento.
Bom artigo

Cumprimentos,
http://nowloading.blogs.sapo.pt/


Comentar post

Pesquisa

 
RSS