Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008

Greve em Hollywood: O fim da novela

E parece que chegou ao fim. É verdade! Os trabalhadores americanos não brincam em serviço. Força de expressão, é claro, porque eles nem sequer estiveram em serviço nos últimos 3 meses.

A greve chegou ao fim com o único resultado possível que é, obviamente, a satisfação dos desejos dos argumentistas. Não entendo é como isto não acabou mais cedo, tais foram as consequências. Para quê adiar o inevitável? Eles não tinham cara de quem ia desistir... E de caras percebo eu! Ou alguma vez vos deixei ficar mal com as meninas que encantam os posts aqui no Criticando? E não, esta não é retórica. Quero mesmo saber.

Quanto às consequências, elas foram muitas, mas acho que se podem resumir em 3 pontos. Todos os programas e séries com alguma espécie de guião foram reduzidos ou cancelados. Assim, a televisão americana foi invadida dos já de si degradantes reality shows e das reposições que também não são nada raras nas estações americanas; os trabalhadores ocupados nesse tipo de programas ficaram desempregados por tempo indeterminado; os filmes de Hollywood que se promoviam nos talk shows semanais americanos ficaram sem a sua principal estratégia de marketing.

Todos estes factores tiveram um grande impacto nas audiências das estações, nas bilheteiras e, principalmente, na economia dos EUA.

Quem diria que era possível tal coisa. Quem diria que na vida dos dias de hoje voltássemos à antiguidade. David enfrentou Golias. Aposto que nunca ninguém pensou que uma greve de argumentistas causasse tantos estragos. De realçar também, o carácter dos guionistas americanos. Enquanto eles fazem uma greve de 3 meses, nós fizemos greve à hora do almoço. Tudo com a boa intenção, já de nós característica, que apenas demonstra solidariedade. A não ser que eles pensassem, com alguma pertinência, que os estávamos a gozar.

Resta-me agradecer! Se assim não fosse, não estaria a ver Smallville todas as semanas. Teria de esperar até ao fim do ano para ver a minha querida Lana Lang de novo em acção. Já estava a ficar com medo que esta season tivesse apenas 15 episódios... Mas não falemos de coisas tristes. Os argumentistas estão felizes! Os trabalhadores estão felizes! Os espectadores estão felizes! E o resto? Que se lixe!

PS: Temos aqui um questionário. Faz favor de votar! Só assim poderei melhorar e tornar este blog mais ao vosso gosto!
sinto-me: A suspirar de alívio...

publicado por Ricardo às 22:02
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De luxxx a 13 de Fevereiro de 2008 às 01:56
Greve dolorosa esta. Os estragos causados foram enormes, bastando ver a forma inacreditável como determinadas séries deram por finalizada a temporada.

A ver vamos quais serão as repercussões desta longa paragem e quem sofrerá com os efeitos colaterais da teimosia dos grandes estúdios.

Aqui fica a lista actualizada do que está para vir:

http://community.tvguide.com/blog-entry/TVGuide-Editors-Blog/Ausiello-Report/Wga-Strike-Favorite/800032698


Comentar post

Pesquisa

 
RSS