Sábado, 4 de Outubro de 2008

Chuck

 

Nome original: Chuck
Nome traduzido: Chuck
Temporada:
Episódios: 13
Ano: 2007 - 2008
Criadores: Josh Schwartz e Chris Fedak

 

 

Em poucas palavras, Chuck é a melhor série a passar actualmente na televisão americana. Mas é óbvio que eu não faço uma afirmação deste calibre sem a justificar. Chuck é a melhor porque é a melhor realizada, com a melhor banda sonora e com uma das melhores interpretações do momento entregada pelo senhor Zachary Levi. Agora, quem nunca ouviu falar de Chuck pergunta-se: "Mas se é assim tão bom, porque raio é que eu nunca ouvi falar de Chuck?". Porque é a série mais sobrestimada do ano, sobretudo por não apelar a um público mainstream, ou seja, ao público em geral.

 

 

 


Chuck é considerada uma comédia de espiões, embora eu discorde um pouco desse conceito. Eu considero-a mais um drama com muita comédia e muita acção. Estranho que numa série destas surjam dúvidas na classificação, pois é muito estilizada. E se ao início parece que apenas pega nos clichés e ri-se deles, não faz apenas isso. Usa-os e brinca com eles, mas revela uma profundidade que muitos dramas são incapazes de entregar.

 


A realização é um dos truques usados que nos faz apaixonar cada vez mais por esta série. Não foge à regra em nenhum episódio, do género de House's Head em House M.D., mas diga-se de passagem que não precisa, pois criou o seu próprio estilo e tudo o que precisa de fazer é usá-lo e manter a qualidade. Esse "estilo" de que vos falo faz-se notar nos shots gratuitos de Yvone, um dos grandes atractivos da série (quando a virem perceberão porquê); nos cortes entre as cenas, que foram muito bem pensados e dão um toque sarcástico à coisa; nas vibrantes cenas de acção que são um aperitivo ao olho quase tão grande como a figura de Yvone; e na coordenação com a banda sonora.

 


Banda sonora essa que arrasa tudo e todos. Claro que há gostos, e se a coordenação é indiscutível, a música não é, e até pode haver quem prefira aqueles trechos melancólicos e irritantes da Anatomia de Grey, mas na minha opinião eles não têm qualquer hipótese se comparados com a excelente banda sonora indie rock de Chuck. Mas também ninguém esperava menos de Josh Shwartz, criador de The O.C., série que, por muitos defeitos que se lhe ponham, tinha uma das melhor bandas sonoras de sempre.

 

 


E Chuck não deve apenas a banda sonora à anterior criação de Shwartz. Parece que, depois de OC ter sido cancelado, Josh dividiu-se em dois. A sua vertente mais teen drama, mais guilty pleasure foi parar a Gossip Girl e a outra, mais geek, mais indie, que entrava em The O.C. sob a forma de Seth Cohen, foi parar a Chuck. E é esse espírito que me atrai na série. Parece que foi feita de propósito para mim: piadas tecnológicas, referências a comic books e a graphic novels, jogos de computador, uma loira escaldante, não lhe falta nada!

 


A premissa não é muito convidativa (um rapaz normal que fica com os segredos do governo na cabeça, blá blá blá), mas o enredo à volta dela não podia ser melhor. Isto para não falar das personagens, que são todas extremamente diferentes, mas encaixam-se na perfeição: o geek bondoso (Zachary Levi), a irmã popular e preocupada (Sarah Lancaster), a loira que sabe kung-fu (Yvonne Strahovski), o agente dos serviços secretos que é um patriota assassino (Adam Baldwin) e depois temos Morgan (Joshua Gomez) que é um personagem que está para além de qualquer descrição. Claro que para isso conta com a ajuda de um excelente elenco. Zachary Levi merecia um Emmy de tão autêntica que é a sua interpretação. Adam Baldwin (o Jayne de Firefly) e Joshua Gomez são tão peculiares que é impossível imaginar outra pessoa no papel deles. Sarah Lancaster que nos presenteia com uma excelente interpretação, eu sempre a adorei, tanto em Everwood como em Os Amigos de Brian. E depois temos Yvone Strahovski que é... bem... ela é simplesmente de cair para o lado.

 


Para concluir, Chuck é a série mais bem realizada do momento (e não venham com Pushing Daisies porque tanta flor chega a ser irritante), com a melhor banda sonora da actualidade e com personagens e interpretações que colocam a série noutro nível, principalmente, mas não só, a de Zachary Levi. Mas não liguem ao que eu digo e vejam por vocês próprios! O episódio piloto deve ser suficiente para vos convencer. E o DVD está quase a chegar a Portugal...

 

 

 

*****

 

E aqui ficam alguns videozinhos para abrir o apetite:

 

 

Chuck vs The Sandwich (1)

 


Chuck vs The Sandwich (2)

 


Chuck vs The Heroes

 


Chuck vs The Ninja

 


Chuck vs Sarah
 

 

PS: Peço deculpa a quem estava á espera do post ontem, sei que costumo escrever à sexta, e escrevi, mas não fiquei contente com o resultado e decidi tentar outra vez hoje. Espero que gostem, tanto do artigo como do design!

 

sinto-me: Ai Yvone! Ai Yvone!
música: Glasvegas - Flowers and Football Tops
Tags:

publicado por Ricardo às 22:20
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De luxxx a 6 de Outubro de 2008 às 19:21
Estás desculpado, Rikardo!!!

Quanto ao post, confesso que não sou um fã de Chuck. Como não consegui sorrir durante os primeiros três episódios, disse adeus e parti para outra.

PS - Glasvegas... muito, muito bons.


De Ricardo a 6 de Outubro de 2008 às 20:06
A sério? Nem a cena do ninja te fez sorrir? Nem o Morgan? Nem as cenas completamente supérfluas da Yvone? Nem a aparição da Rachel Bilson a falar de chouriço português? A sério, ao menos tenta ver os primeiros 2 episódios da 2ª temporada, pode ser que isso te faça mudar de ideias.

É verdade, estou a gostar muito de Glasvegas. Embora seja um pouco chato para ter no mp3 porque primeiro que a música comece já cheguei ao sítio e tenho de o desligar. Mas estou a adorar! Adorava perceber algumas das coisas que ele diz com aquele sotaque, mas a musicalidade é simplesmente incomparável.


De luxxx a 6 de Outubro de 2008 às 21:56
O escocês é tramado!

Se assim o aconselhas, sou capaz de dar mais uma chance ao Chuck.

Mas o meu tipo de humor vai mais para o género de Larry David ou mesmo de Entourage.


De Ricardo a 6 de Outubro de 2008 às 22:00
Não posso falar porque nunca vi nenhum.


Já agora, estás a gostar da nova direcção que Smallville está a tomar?


De luxxx a 8 de Outubro de 2008 às 01:36
Ainda não vi. Mas temo o pior, confesso.

Não percas o Entourage. Tenho a certeza que irás adorar. Muito!!!

http://en.wikipedia.org/wiki/Entourage_(TV_series)


Comentar post

Música da semana

Pesquisa

 
RSS