Terça-feira, 20 de Maio de 2008

Dragon Ball: O Filme

Estava eu hoje num café e tive um daqueles azares que nos acontecem a toda a hora. Não nos fazem mal nenhum, mas são chatos. A minha sorte foi que desse pequeno azar saiu uma brilhante ideia.

É do conhecimento geral que vai sair um filme baseado no anime mais famoso de todos os tempos em Portugal e na Europa. Ah pois é: vai sair o filme do Dragon Ball.

Os fãs ficaram a tremer. "Não, não me estraguem o meu anime preferido."; "Párem! Deixem o Son Goku em paz!"; "Não queremos um filme live action!", diziam eles.

 


É claro que os editores sabiam que, apesar das querixas dos fãs, a curiosidade seria tanta que eles teriam de ver o filme. Nem que fosse para ver o falhanço pelos seus próprios olhos. Assim, o filme seguiu em frente.

Eu acalmava o pessoal e dizia: Não se preocupem! Os fãs portugueses não têm nada a temer. E não, não é por causa do carácter corajoso da raça lusitana. Dizia isto porque por muito mau que o filme seja não pode ser pior que a dobragem feito pelos senhores da ocidental praia lusitana.

 


Agora, sairam as primeiras imagens do filme. E também as primeiras críticas. A melhor e mais pertinente foi: Son Goku na universidade? Mas estará tudo louco? Outra delas foi o penteado.

 

E é sobre a última crítica que eu quero falar, porque é ela que se relaciona com o meu pensamento no café. Qual foi o azar? Começou a dar um vídeo dos Tokio Hotel! (Não, não comecei a gritar como as portuguesas que choraram quando o Bill ficou doentinho no concertozinho) Qual foi a brilhante ideia? Contratem o Bill para o papel de Son Goku!

 


Não! Não estou no gozo! Quer dizer, talvez um bocadinho... Mas ninguém pode negar que, se há alguém no mundo que tem o cabelo parecido com o Son Goku, essa pessoa é o Bill, vocalista dos Tokio Hotel.

O filme vai avançar,
mesmo sem o Bill. Só espero que eles não arruinem as minhas memórias de infância. Dragon Ball está longe de ser um dos meus animes preferidos, mas foi o desenho animado da minha infância, quando a última coisa na minha cabeça era a intragável dobragem. Hoje, sempre que o vejo, vem aquela sensação nostalgica. E é óptimo. Mas não consigo ver mais que dez minutos. Os gritos de soprano do Goku fazem-me mal aos tímpanos.

 

PS: Peço desculpa pelo vídeo que deixou de funcionar. O do Violet Hill. Vou substituí-lo. Detesto quando os tipos apagam aquilo que põem. Mas que raio de utilizadores são esses?

 

PS2: Queria sugestões para novos questionários.

 

PS3: Alterei a nota do Pushing Daisies. Sei que vou parecer influenciável, mas a verdade é que não me sentia bem. Comecei a fazer comparações das séries com a mesma nota e... Pronto! Pode parecer pouco profissional, e é. Mas ainda estou a aprender.

sinto-me:
música: Draagon Baall Z Z Z, e o bem irá ganhar!

publicado por Ricardo às 23:04
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De luxxx a 21 de Maio de 2008 às 03:42


Não querendo parecer do contra, mas apostava mais no Bill para fazer de Sonic...

Mas como escrevi no blog vizinho, tenho esperanças para o filme. Gosto da dupla responsável.


De Ricardo a 21 de Maio de 2008 às 10:37
O Bill até está de laranja! O uniforme do Son Goku. Coincidência?

Já resolvi o problema do post anterior. Coloquei o vídeo oficial.

Por acaso não terás aí nenhuma sugestão para o questionário?

PS: Estou a adorar Skins.


De luxxx a 21 de Maio de 2008 às 18:15
"Por acaso não terás aí nenhuma sugestão para o questionário?"

Série favorita?

Se apenas pudessem escolher um género, qual seria: livros, jogos, música, cinema, televisão ou outro?


De luxxx a 21 de Maio de 2008 às 18:16
"PS: Estou a adorar Skins."

Não é fabuloso?


De Ricardo a 22 de Maio de 2008 às 11:38
É mesmo. Totalmente diferente e original. Nada a ver com os teen dramas americanos. Muito muito bom.


De Beatriz a 21 de Maio de 2008 às 20:52
Dragon Ball também foi o desenho animado da minha infância.. Primeiro que a minha mãe me arrancasse da televisão.. =)


De Ricardo a 22 de Maio de 2008 às 11:40
Olá Beatriz! Acho que foi o desenho animado de infância da minha (talvez nossa) geração. Nova por aqui?


De Beatriz a 22 de Maio de 2008 às 19:58
Sim .. =)


Comentar post

Música da semana

Pesquisa

 
RSS