Sexta-feira, 7 de Março de 2008

The O.C.: Season 2

Nome original: The O.C. (Orange County)
Nome traduzido: O.C.: Na terra dos ricos
Temporada:
Episódios: 24
Ano: 2004
Criador: Josh Schwartz
Slogan:
- "The O.C. Orange County, It's where all the beautiful people live."
- "The best new show of the summer is coming this fall."
- "It's nothing like where you live. And nothing like what you imagine."
- "The Sun Is Setting On The OC (Último Episódio)"
Formato: DVD

No fim da 1ª temporada, Ryan deixa Newport por causa do seu filho com Teressa; Seth, desiludido por Ryan ir embora pega no barco e foge deixando Summer em terra; e Marrissa muda de casa contrariada. Como as séries não se fazem com as personagens separadas, a primeira coisa que os argumentistas trataram foi de juntar os quatro outra vez.

Claro que, depois de tanta história, as coisas nunca poderiam voltar a ser como eram. Basicamente separam os casais e arranjam sangue novo à série. Gosto bastante dos novos personagens, tirando Lindsay que não acho piada nenhuma pois não passa de uma personagem vulgar, principalmente da Alex, aquela que foi menos usada. Na minha opinião foi até subaproveitada.

Esta nova forma de avançar com a história não é má, mas fica um bocado aquém da 1ª série de O.C.. Não é que eu tenha algum problema com os "Fantastic Four" serem apenas amigos, mas apenas acho que ficam muito mais interessantes quando se juntam e quando os guionistas exploram as suas relações atribuladas.

Esta temporada é claramente dividida em duas. A primeira é quando o grupo está separado e a segunda é quando ele se junta outra vez. Como já disse antes, prefiro a segunda parte e o episódio Rainy Day Woman, magistralmente realizado e um ícone da cultura pop, marca o salto qualitativo da série do bom para o excelente.

Episódio "Rainy Day Woman"

Beijo do estilo Spider-Man entre Summer e Seth

A segunda parte prima também pela nova personagem, Trey, o irmão de Ryan, que voltou, embora interpretado por outro actor, um mais capaz. O enredo que se segue é delicioso e a tensão entre Trey, Marissa e Ryan é simplesmente encantadora.

O aspecto técnico é semelhante ao da 1ª temporada, mais uma vez com destaque para a componente sonora que é mesmo do melhor que há no género, embora a componente visual seja também excelente.

Outro aspecto digno de mencionar são as referências à cultura pop americana, quer sejam as músicas rock, os graphic novels ou mesmo a filmes de terror antigos. Tudo feito para assentar nos gostos das personagens como uma luva.

Vou ter de descer um valor na classificação desta segunda temporada porque realmente a primeira parte não foi tão boa como nos tinham acostumado, embora, como dizem os americanos, tenha sido "extremely entertaining". A segunda é muito boa e conta com episódios que são um clássico: The Rainy Day Women, The Mallpisode, The Risky Business e The Dearly Beloved.

2ª Temporada
****
Extras
***
sinto-me: Sol e praia em Newport.
música: Oasis - Campagne Supernova
Tags:

publicado por Ricardo às 22:00
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De luxxx a 8 de Março de 2008 às 02:52
Aproveito este post para te deixar mais uma sugestão: Skins. Uma fabulosa série britânica, cuja segunda temporada encontra-se agora em exibição.

Genial, acredita!


De Ricardo a 8 de Março de 2008 às 11:29
Assim que acabar de ver The Tudors vou experimentar.



Comentar post

Música da semana

Pesquisa

 
RSS