Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

ASAE: Assim Somos Acudidos Erradamente

Parece que o novo hobbie dos políticos e comentadores de telejornais é criticar a única polícia portuguesa que realmente faz o trabalho bem feito. Ok, as outras também o fazem de vez em quando (mau era...), mas são o que podemos chamar de "levezinhas".

Anda tudo muito preocupado. Afinal, é a nossa gastronomia. Somos considerados, por nós próprios, eu incluído, os melhores do mundo! E se eles nos acabam com os pasteis de bacalhau? E se eles nos acabam com os pasteis de bacalhau feitos numa cozinha bem cheirosa na qual o dono conserva preciosamente os seus animais de estimação roedores mais cuidadosamente alimentados com líquidos de odor intenso e pós brancos?



O Dr. Miguel Sousa Tavares ainda pergunta: "Mas é mesmo necessário ser uma entidade policial a fazer uma intervenção fiscal a uma padaria ou a um restaurante?" É claro que não, mas não concordo com o senhor na parte em que diz que há um erro na instituição. Ele não dizia isso se fosse à feira de não-sei-quantos confiscar metade do contrabando e dos DVDs piratas. Os feirantes (sem generalizar) podem ser tramados!

A verdade é que a ASAE podia ter uma abordagem diferente. Mas ser mais benevolente? Nunca! Até pode ser uma questão pessoal, e, pessoalmente, eu prefiro um pouco menos de cultura gastronómica e um pouco mais de higiene cultural.

PS: Apesar de adorar a nossa gastronomia, não gosto de pasteis de bacalhau.
sinto-me:
música: Spind Doctor - Two Princes
Tags:

publicado por Ricardo às 22:10
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De luxxx a 23 de Janeiro de 2008 às 14:55
A intervenção da ASAE tem sido importante... mas por vezes abusam um bocadinho.

Acho que ninguém ficou doente pelo facto das castanhas assadas serem embrulhadas em papel vindo da lista telefónica.


Comentar post

Música da semana

Pesquisa

 
RSS